Yara Figueiredo retorna com show "O Canto da Iara", em Ipanema

Depois de ficar de 15 anos longe dos palcos, das luzes e dos olhares de uma plateia, a cantora Yara Figueiredo retorna aos holofotes e estreia o show “O Canto da Iara”, na próxima quinta-feira, dia 27, às 20h, na Casa de Cultura Laura Alvim, em Ipanema.

Em “O Canto da Iara” o público poderá conferir uma artista madura, com mais de 25 anos de carreira na música, voz trabalhada, vigorosa e com sentimento. Os trunfos de Yara não estão apenas na boa técnica – é capaz de subir e descer de tons com muita facilidade e em dominar completamente o palco com sua sutil e sensual coreografia. Artista de alta astral inconfundível, Yara canta um pouco de tudo, pois sua vida não tem apenas uma história e seu coração também é assim, eclético.


O repertório do show tem 7 músicas autorais, compostas por Yara durante seu período sabático longe dos palcos, e canções de compositores como Rita Lee, Délcio Carvalho e Candeia, artistas que fazem parte de seu ouvido musical. No palco, Yara virá acompanhada pelos músicos Patrick Thomazzini (violão), Eber de Freitas (percussão), e Donatinho (teclado).


“Yara foi a perturbadora sensação do boom de uma estrela que nasceu para a canção popular. Não somente pela qualidade da voz, como o uso do palco, o olhar. Além da linda voz, como o desenho cênico de seu porte esguio e belo, ou o emprego espontâneo das mãos em gestos que atuam como carícias sutis e elegantes, às vezes, quase, imperceptíveis”, afirma o jornalista, historiador, crítico e radialista Ricardo Cravo Albin.


“Essa nova Iara é uma cantora, compositora, que estará interpretando suas próprias composições, após ter o seu lado musical adormecido por muito tempo, retornando com a força de uma mulher de 51 anos e seu próprio canto. Retornando com o que o meu coração sente.” Afirma Yara Figueiredo, que pretende não mais se calar. “Quero mostrar essa nova música, essa nova luz, essa nova meditação com o som”, completa.


Foto: Marcelo Faustini