Trajetória do cinema brasileiro entra "em cartaz" no Reserva Cultural

A Galeria Reserva Cultural apresenta, a partir da próxima quinta feira, dia 16, às 19h, a mostra "Brasil em Cartaz". A proposta é uma ocupação artística que mostrará, de acordo com o curador Filippo Pitanga, boa parte da história do nosso país contada por meio de seus filmes.


Serão mais de 80 cartazes expostos graças aos acervos do MAM Rio,

Vitrine e Estação Net. Por meio dessa jornada pelo cinema brasileiro, a iniciativa quer gerar uma reflexão por meio desses registros, de forma que se possa também entender as atuais tensões políticas e a tentativa de esvaziamento do incentivo público à arte e à cultura.



Para o curador Filippo Pitanga, é importante o encontro desses registros para se pensar a reação de nosso cinema ao atual momento e sua transformação diante desse quadro, e as possibilidades de diálogos entre as raízes da sétima arte e a defesa de nosso patrimônio histórico-cultural.


Filippo Pitanga é advogado e jornalista, atuando como crítico, curador e professor de cinema. Mestrando em comunicação pela UFRJ e pós-graduando em cinema pela Estácio, sua área de pesquisa e atuação dentro do cinema está ligada a seu interesse pelo registro e preservação de nossa identidade cultural em todas suas nuances.




Membro da Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro e professor da Academia Internacional de Cinema, Filippo Pitanga é curador de Cineclubes no Estação Net de Cinema, Ação e Reflexão e Casa do Saber. Editor-chefe do Almanaque Virtual e colaborador da Justificando e da Carta Capital, participou como membro de júris do Canal Brasil em festivais nacionais e do Festival Curta Cinema, além de coberturas e entrevistas exclusivas de festivais e mostras nacionais e internacionais de cinema.


"Brasil em Cartaz" poderá ser visitada até dia 9 de fevereiro. A Galeria Reserva Cultural fica na Av. Visconde do Rio Branco 880, em São Domingos, Nitéroi.