Sílvia Neves abre sua individual "Tessituras" neste sábado, dia 12

O Espaço Cultural Correios, em Niterói, recebe a exposição "Tessituras", individual da artista plástica Sílvia Neves. O vernissage acontece no próximo sábado, dia 12, às 15h. Com curadoria de Luiz Badia, a mostra apresenta pinturas que dialogam com a abstração – pesquisa desenvolvida pela artista na sua trajetória.

As obras de Sílvia Neves apresentam um conjunto de formas em movimento, sinuosas e curvilíneas, banhadas de cor e luz. Na paleta utilizada por ela, o jogo de cores é rico e elegante. "Tessitura é uma palavra utilizada tanto na música como na pintura, por isso foi a mais adequada a expressar esse novo ensaio. Tanto pode ser um conjunto de estruturas musicais quanto pictóricas, que são confortáveis à criação do artista. Algo natural e harmônico com tom pessoal e, na pintura, essa estrutura se espelha na textura, fatura e na pincelada", explica o curador.

De fato, a artista abre um novo capítulo, uma nova fase, que decorre de um processo de luto e ausências. São as situações marcantes que provocam mudanças. As pinturas passaram por uma transformação. A música é um ponto de acesso ao subjetivo do trabalho que teve início a partir de um livro de partituras herdado pela artista.


"Tessituras" provoca um encontro de som e cor, arte e raiz. "Qual o melhor recorte? De onde vem as melodias que povoam a memória? Disponho as notas pictóricas do tecido da abstração e trato somente do que é feita a pintura. Do propósito mesmo do gesto, da cor, da forma, do ritmo. Dos limites do quadro. De uma série de notas, de um som, de uma harmonia. De como algumas ausências passam a nos preencher a vida", enfatiza Sílvia.

O Espaço Cultural Correios de Niterói fica na Av. Visconde do Rio Branco 481, no Centro.


Fotos: divulgação