"Retraço / Vazios", de Walter Carvalho, no Reserva Cultural

A obra de Walter Carvalho (João Pessoa, 1947) pode ser visitada no Espaço Galeria do Reserva Cultural de Niterói. A exposição "Retraço / Vazios" é uma seleção de fotografias que privilegiam os espaços vazios de lugares diversos: Raso da Catarina, Varsóvia, Cabo Frio, Dresden, Rio de Janeiro, e outros lugares distantes ou inusitados.

A exposição evidencia a maneira peculiar do artista no uso poético da luz, na dramaticidade obtida com os fortes contrastes e no enquadramento preciso de cada tomada. Sua fotografia representa um importante testemunho das transformações sociais, políticas e culturais por que o Brasil tem passado nas últimas décadas e também contribui com lirismo na produção imagética no cenário internacional, "um poema monocromático permeado das sutilizas e infinitas possibilidades dos meios-tons", como ressalta a curadora da mostra, Marcia Mello.

Walter Carvalho gosta de citar a fotógrafa norte-americana Dorothea Lange (que está com uma grande retrospectiva no Museu Jeu de Paume em Paris): "A câmera é um instrumento que ensina as pessoas a verem sem uma câmera". Frase-referência para quem quiser apreciar e se surpreender com o mundo revelado por esse artista. "Há realidades que precisam de lentes sensíveis e astutas para passarem a existir. Walter Carvalho compartilha mundos intangíveis, resgatando sentimentos olvidados e temerosos silêncios presentes em cada um de nós. A exposição se propõe a resgatar essas emoções", diz a curadora.

A exposição é composta por dez fotografias preto e branco de grande formato. Todas fizeram parte da retrospectiva dedicada à obra fotográfica de Walter Carvalho no Museu da Imagem e do Som de São Paulo, em maio desse ano, em comemoração dos seus 50 anos de carreira. A mostra paulista incluiu 89 fotografias de ensaios temáticos e narrativas abertas e contou com a curadoria de Cristiane Almeida e Talita Virgínia.


Sobre Walter Carvalho


Walter Carvalho (João Pessoa, PB, 1947) é fotógrafo e cineasta brasileiro. Herdeiro do Cinema Novo, formou-se em design gráfico pela Escola Superior de Desenho Industrial do Rio de Janeiro (ESDI). Desde 1972, desenvolve intensa atividade como profissional da imagem: em fotografia, no cinema e na TV. No cinema, foi responsável pela direção de fotografia de Lavoura Arcaica, Abril Despedaçado, Madame Satã, Central do Brasil e Amarelo Manga.


Seu percurso duplo de fotógrafo e cineasta se reflete em seu trabalho autoral, tentando captar momentos e criando "instantes continuados" por toda sua obra. Conta com diversas publicações, como Contrastes simultâneos (Cosac Naify), e exposições individuais e coletivas no currículo. Sua obra integra coleções como as do Museu de Arte do Rio (MAR), Maison Européenne de la Photographie (MEP), Coleção Pirelli / MASP e Instituto Moreira Salles. Integra a Photographers Encyclopaedia International, 1839 to present.


A exposição pode ser visitada até 20 de janeiro. O Espaço Galeria do Reserva Cultural de Niterói fica na Av. Visconde do Rio Branco 880, em São Domingos. Entrada Franca.


Fotos: divulgação


Fale conosco