Regina Silveira inaugura individual "Unrealized/Não feito", em NYC

A Alexander Gray Associates apresenta uma exposição de dez projetos não realizados pela artista multidisciplinar Regina Silveira, com vernissage nesta quarta-feira, dia 05. Enfatizando a experimentação formal e as intervenções conceituais em arquitetura de Regina, os trabalhos apresentam um panorama de site-specifics e projetos de arte pública que nunca foram realizados no espaço físico.

"Supersonic Goal", 2004 (projeto para o Estádio do Pacaembu, em São Paulo)

Figura pioneira na arte brasileira, Regina há mais de cinco décadas fez da surpresa e da ilusão metodologias para a desestabilização da perspectiva e da realidade. A artista iniciou sua carreira na década de 1950, sob a tutela do pintor expressionista brasileiro Iberê Camargo, estudando litografia e xilogravura, além de pintura.


Nos anos 1970, ela experimentou gravura e vídeo, liderando um movimento de produção artística radical, durante um período de repressão militar no Brasil. Desde a década de 1980, a Regina desenvolve instalações de grande escala em bibliotecas, praças públicas, estradas, parques, fachadas de museus, estações de transporte público e outros locais institucionais. Os trabalhos em exibição em "Unrealized / Não feito" oferecem um vislumbre único do processo e metodologia da artista e catalisam possibilidades para futuras experimentações.


A exposição poderá ser visitada até 12 de julho. A Alexander Gray Associates fica na 510 West 26 Street, em New York.


Foto: divulgação