Projeto "Masp em casa" amplia programação virtual do museu

O projeto "Masp em casa" preparou conteúdos digitais para continuar levando ao público arte e a programação do Masp, enquanto o museu estiver fechado. Os seguidores podem acompanhar lives no Instagram do @masp, com conversas entre curadores do museu e convidados. A próxima edição acontece na segunda-feira 25, às 18h. As lives anteriores podem ser acompanhadas no IGTV do MASP no Instagram. Além dos conteúdos habituais nas mídias digitais do museu (como os #TBTs que resgatam momentos históricos), a nova série "Masp [curadoria] em casa" leva às redes sociais comentários de curadoras e curadores sobre uma imagem relacionada ao museu a partir de uma perspectiva pessoal. Pode ser uma obra, um detalhe da arquitetura, uma exposição, uma atividade, uma palestra ou um seminário, do passado recente ou remoto.


Outro novo projeto de conteúdo é o "Masp [colaboradores] em casa", que leva aos perfis das mídias sociais as memórias dos colaboradores por meio do olhar particular daqueles que constroem os bastidores do museu.

Todas as segundas-feiras, o perfil do @masp no Instagram indica uma obra do acervo do museu que servirá de inspiração para crianças e adultos desenharem. Aqueles que quiserem participar do desafio, deverão publicar seus desenhos na mesma rede social marcando o @masp e usando #maspdesenhosemcasa. Aos domingos, o museu publica alguns desenhos selecionados em seu Instagram e os autores receberão um vale Amigo Masp grátis.

A primeira obra escolhida foi O escolar (1888), de Vincent van Gogh. O trabalho foi restaurado entre 2018 e 2019 no Museu Van Gogh, em Amsterdã, com recursos arrecadados pela campanha de doação de imposto de renda do Masp. O "Masp Áudios", aplicativo gratuito disponível para download, reúne cerca de 170 comentários feitos por curadores artistas, professores, pesquisadores e crianças sobre as obras mais icônicas do acervo. O canal do YouTube traz os vídeos de seminários e palestras, entrevistas com os artistas e outros detalhes sobre algumas exposições. No Google Arts & Culture ainda é possível fazer um tour virtual e explorar a exposição permanente do Masp, o Acervo em Transformação.