"Pavilhão Aberto" tem visita-palestra com Alvaro Razuk, dia 27

No ano em que o Parque Ibirapuera completa 65 anos, a Fundação Bienal convida os moradores da cidade a conhecer seu pavilhão de outra maneira. Até janeiro de 2020, o programa Pavilhão aberto oferece visitações mensais ao edifício inteiramente vazio, uma experiência direta com o ícone da arquitetura moderna brasileira e símbolo da Bienal de São Paulo.

Além disso, palestrantes convidados vão conduzir as visitas pelo Pavilhão, explorando diferentes olhares sobre o edifício e suas possibilidades como espaço expositivo para a arte contemporânea.


A primeira edição acontece no próximo domingo, dia 27, das 10h às 14h, com visita-palestra com Alvaro Razuk das 11h às 12h30. O arquiteto fala sobre a experiência com o projeto expográfico da 32ª e da 33ª Bienal, abordando a arquitetura como entendimento do espaço do Pavilhão e como reflexão sobre a curadoria. Formado pela FAU-USP com especialização em projetos para exposições culturais, cenários e museografia, Razuk trabalha na área desde 1996.

Próximas visitas:


Visita-palestra com Rodrigo Queiroz

15/11/2019, sábado, 11h – 12h30 (visitação: 10h – 14h)


Visita-palestra com Anna Helena Villela

14/12/2019, sábado, 11h – 12h30 (visitação: 10h – 14h)


Visita-palestra com Lúcio Gomes Machado

25/1/2020, sábado, 11h – 12h30 (visitação: 10h – 14h)


Pavilhão da Bienal (Pavilhão Ciccillo Matarazzo)

Parque Ibirapuera, Portão 3

Entradas: fachada sul (escadaria) e ao lado do Café Bienal (Praça das Bandeiras)

Fale conosco