Paulo da Costa lança seu primeiro disco com canções próprias

O artista plástico Paulo da Costa, o Pou, grava e lança - enfim! - suas canções. Depois de tanta resistência interna no caminho dos desejos, tanta dúvida e hesitação… durante esse tempo, ele foi compondo as canções. A música popular brasileira é sua religião desde a adolescência. Agora o músico está radiante em poder mostrar ao público seu primeiro trabalho nesse campo: "Amuleto". O disco é uma declaração de amor à música e ao Brasil.

"Quero que minhas canções sejam um lugar de sonho, um transporte mágico capaz de trazer um pouco de leveza para vida. Que sejam amplas e azuis. Aconchegantes como o céu. Um amuleto para as que nelas se aventuram", confessa Pou.


Os agradecimentos do artista vão para: Pedro Franco, músico genial que assinou a direção musical e os lindos arranjos do disco; a Thiago da Serrinha, que trouxe suingue e brasilidade com sua percussão; e Cecília Spyer, amiga querida e grande incentivadora, professora e mestra, pela preparação vocal e lindos vocais.

"Agradeço também ao pessoal do Estúdio Carolina: ao Kayan, ao Gustavo Levy e ao Wolf, que mixou e masterizou. Um agradecimento ao meu querido amigo Bruno Cosentino, que tanta força me deu e me ajudou na produção. Ao Vitor Vigo pela arte gráfica e ao Pedro Capello pela arte de vídeo", conclui o músico.