Paloma Bosquê lança "Inquieto", edição exclusiva para a Carbono

"Inquieto" é uma forma encerrada em si mesma. Sua estrutura é resultado de uma ação rápida e assertiva: tentar fazer parar em pé um trapézio. O gesto da artista deu origem a uma forma orgânica, quase antropomórfica, mas ainda abstrata; a matéria em movimento vertida em um ente que é só corpo. Os pontos de sustentação da escultura são seu assunto principal, os "pés", que tocam o solo ou a base, são como condutores de uma energia circular, sem saída. Duas pequenas frestas douradas voltadas para baixo os impedem de ser um recipiente hermeticamente fechado.


As máscaras na pátina negra deixam aparecer a cor original do bronze, o dourado. A sutil operação da artista confere à escultura uma aura de mistério, própria dos objetos ritualísticos. Essa forma que não sossega parece tentar escapulir do seu próprio invólucro, da dureza estanque do bronze, ou talvez do próprio peso histórico desse material clássico. Sua presença é resultado de uma negociação com a gravidade, com os limites da matéria e com a sua potencial carga simbólica.

"Inquieto" 2020 bronze 25 x 40 x 6 cm Edição de 9 + 3PA

"Inquieto", como boa parte da linguagem formal de Bosquê, é resultado de um envolvimento profundo com a matéria do mundo em permanente transformação. A forma fundida em bronze apreende o movimento do corpo que a modelou, a energia do fogo da queima, as marcas de seus processos e mais uma série de sutilezas e desassossegos que ainda não têm nome.


Fernanda Brenner


A peça é um lançamento exclusivo pela Carbono Galeria.

Fale conosco