Newton Lesme mergulha nas questões existenciais com Harari

Para aqueles que pensam que o confinamento imposto pela epidemia do novo coronavírus nos impõe também uma reflexão sobre as nossas relações com o outro e com o mundo, estes vão encontrar nas opções literárias de Newton Lesme ótimas sugestões para passar a quarentena.


O artista plástico escolheu livros de Yuval Noah Harari para ler durante o tempo que está passando mais recluso. Um dos títulos é "Homo Deus: uma breve história do amanhã". "Super atual, é um dos maiores ou se não o maior pensador contemporâneo", acredita o artista plástico.

Trata-se do futuro visto por um dos grandes pensadores da atualidade: isto é Homo Deus. Neste "Homo Deus: uma breve história do amanhã, Yuval Noah Harari, autor do best-seller "Sapiens: uma breve história da humanidade", volta a combinar ciência, história e filosofia, desta vez para entender quem somos e descobrir para onde vamos.


Sempre com um olhar no passado e nas nossas origens, Harari investiga o futuro da humanidade em busca de uma resposta tão difícil quanto essencial: depois de séculos de guerras, fome e pobreza, qual será nosso destino na Terra? A partir de uma visão absolutamente original de nossa história, ele combina pesquisas de ponta e os mais recentes avanços científicos à sua conhecida capacidade de observar o passado de uma maneira inteiramente nova.

Assim, descobrir os próximos passos da evolução humana será também redescobrir quem fomos e quais caminhos tomamos para chegar até aqui.


Lesme também recomenda outras duas obras que gosta do autor: "21 Lições pra o século 21" e "Sapiens - Uma breve história da humanidade", em que "o foco é o avanço da inteligência artificial, inclusive na arte", conta o artista.


Ficha Técnica

Título original: Homo Deus

Tradução: Paulo Geiger

Capa: Alceu Chiesorin Nunes

Páginas: 448

Lançamento: 11/11/2016

Selo: Companhia das Letras