"Na Zanza" reúne obras de artistas da imersão da Escola Sem Sítio

A Galeria Aymoré recebe a exposição "Na Zanza", resultado do edital aberto pelos alunos do curso Imersões Curatoriais da Escola Sem Sítio, coordenado por Tânia Queiroz, em parceria com a galeria. O vernissage acontece neste sábado, dia 07, às 17h. A mostra reúne 28 artistas nacionais e estrangeiros do cenário artístico contemporâneo que se identificaram com a proposta do edital de mesmo nome, com resultado divulgado em agosto.

"Notas sobre o esquecimento", de Mariana Magalhães.

"Na Zanza" se refere ao ato de zanzar, de andar ao acaso, sem destino certo, perambular. Referência em línguas africanas indicam zanza como correspondente à ação de deslocar-se. Aqui, no contexto de um edital de artes visuais, a expressão pode ser entendida como um modo de existir em trânsito, abrindo redes de pertencimento, sem ancoragem. "Estar na zanza" como um conjunto de deslocamentos, sem direções definidas, de modo a cartografar modos contemporâneos de produção artística, em áreas já conhecidas e zonas ainda não habitadas.


O nome escolhido para o edital e a exposição não se associa apenas à curadoria das obras, que tanto podem se deslocar pelos núcleos propostos quanto se aproximar por meio de algum contexto norteador, a fim de produzir um mapeamento possível, não definitivo, promovendo uma imagem desse contínuo movimento que é "estar junto".


A Escola Sem Sítio, como o próprio nome já define, "zanza" por espaços culturais e galerias de arte para viabilizar suas aulas e aplicar os conhecimentos. Seus alunos vivenciaram todas as etapas de um projeto de exposição, desde a criação da proposta do edital e sua seleção até a curadoria e o programa educativo dessa exposição coletiva.

"Segregação", de Malu Pessoa Loab.

Essa é a primeira vez que o curso propõe que os alunos convoquem e selecionem artistas por meio de um edital nacional e aberto a receber todo tipo de suporte e proposta artística.


Estudos e práticas curatoriais foram apresentados desde fevereiro por professores, curadores convidados e equipe de profissionais de identidade visual, expografia, educativo e curadoria que auxiliarão os alunos até o final do curso.


Curadores:

Aldones Nino, Anna Priscila Marques, Bárbara Machado, Carole Chueke, Juliana Knopp, Juliana Pajek, Lorena Brito, Lucas Albuquerque, Osvaldo Carvalho, Pietro di Biase, Silvana Marcelina e Thais Rocha.


Colaboradores:

Marcelo Campos, Ivair Reinaldin, Fernando Leite, Leila Scaf, Ileana Pradilha e Cristina de Pádula.


Artistas:

Anna Corina (Rio de Janeiro)

Antonio Gonzaga Amador e Jandir Jr. (Rio de Janeiro)

Bruno Portella (Rio de Janeiro)

Caio Pacela (Niterói)

Danielle Fonseca (Belém)

Emilia Estrada (Rio de janeiro)

Gunga Guerra (Niterói)

Jonas Esteves (Rio de Janeiro)

Juliana Morais (Rio de Janeiro)

Lucas Salgado (Rio de Janeiro)

Malu Pessoa Loab (São Paulo)

Marcela Falci (São Paulo)

Márcia Falcão (Rio de Janeiro)

Mariana Magalhães (Rio de Janeiro)

Mariana Paraízo (Rio de Janeiro)

Otávio Barata (São Paulo)

Roberto Muller (São Paulo)

Rodrigo D’Alcântara (Brasília)

Luiza Coimbra (Rio de Janeiro)

Reuber Marchezini (Niterói)

Sani Guerra (Nova Friburgo)

Stella Margarita (Rio de Janeiro)

Teresa Stengel (Rio de Janeiro)

Theo Deicídio (Rio de Janeiro)

Tiago Saraiva (Rio de Janeiro)

Vinicius Duque Estrada (Niterói)

Yoko Nishio (Rio de Janeiro)

"Na Zanza"poderá ser visitada até 22 de fevereiro. A Galeria Aymoré fica na Ladeira da Glória 26.