Mona canta Linda celebra cem anos da rainha do rádio Linda Batista

Abram alas que a primeiríssima Rainha do Rádio vai passar! Em 2019, Linda Batista, também conhecida como A Estrela do Brasil, completaria 100 anos. E é em homenagem a esse centenário que a cantora Mona Vilardo faz o espetáculo teatral "Mona canta Linda", no Teatro Maison de France, com estreia no próximo dia 16, quarta-feira. A peça fica em cartaz todas as quartas-feiras até 11 de dezembro.

Cantora, atriz, escritora e professora de música, Mona tem uma pesquisa que já completa dois anos sobre a memória das Rainhas do Rádio - o famoso concurso da Associação Brasileira de Rádio, que deu o título por 11 anos a Linda, e que também marcou a clássica rivalidade de Marlene e Emilinha Borba. Em 2017, Mona estreou uma peça saudando Dalva de Oliveira, que passou pelos teatros Maison de France, Dulcina, da UFF e Municipal de Niterói.

O sucesso com o espetáculo em homenagem a Dalva motivou Mona a mergulhar na pesquisa sobre Linda Batista neste ano de centenário. Em junho, a artista lançou três clipes no YouTube com três canções que foram sucesso na voz de Linda - "Risque", de Ari Barroso, "Vingança", de Lupicínio Rodrigues, e "Me deixe em paz", um samba de Monsueto. As gravações foram na Urca - importante cenário dessa história.

"Linda foi a rainha das marchinhas e a que ficou por mais tempo com a faixa de Rainha do Rádio. Foram 11 anos! Ela fazia coleções de joias e vestidos, e era considerada a mais chique entre as Rainhas do Rádio. Ao contrário de Dalva, não viveu um amor passional. O maior caso dela era com a própria carreira", conta a artista e pesquisadora.


Livro infanto-juvenil


Esse ano, Mona lançou o livro infanto-juvenil "Dalva, minha vó e eu", primeiro da coleção "Elas por ela — As rainhas do rádio por Mona Vilardo". A publicação conta, por meio das memórias entre uma neta e a avó, detalhes da vida e das canções de Dalva de Oliveira. Pelo sucesso da obra, Mona esteve na Festa Literária Internacional de Paraty de 2019.


Uma segunda edição está a caminho, e será lançada no Teatro Maison de France, na estreia da atual temporada de Mona. A obra tem o prefácio assinado por Ricardo Cravo Albin, e tem curadoria de Rona Hanning (curadora do espaço infantil da Bienal do Livro). "A ideia surgiu principalmente pela falta de registros da Época de Ouro do Rádio e de suas Rainhas para o público infantil, e já está sendo adotado em algumas escolas de Niterói", explica a artista.


Ficha técnica

Texto: Marcia do Valle e Mona Vilardo

Direção: Vilma Mello

Direção musical e Arranjos: Marcelo Alonso Neves

Iluminação: Aurélio de Simoni

Cenário: Carlos Alberto Nunes

Figurino: Ney Madeira e Espetacular Produções Artísticas

Partituras e Arranjos : Alexandre Prado

Fotos e vídeos para divulgação: Lúcio Laranjeira

Design: Inova Brand

Fonoaudióloga: Verônica Machado

Produção: Filomena Mancuzo

Assessoria de imprensa: Matheus Vieira

Músicos: Kuko Moura (piano), Ricardo Nascimento (trompete), Ayres D'Athayde (percussão) e Francisco Falcon (contrabaixo acústico)


A classificação indicativa é de 12 anos, e os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria ou pelo site. O Teatro Maison de France fica na Av. Presidente Antonio Carlos 58, no Centro.


Fotos: Lúcio Laranjeira