MIS-SP promove 4ª edição da Des.Gráfica neste fim de semana

No próximo fim de semana, dias 19 e 20, o MIS-SP realiza a quarta edição da Feira Des.Gráfica. Idealizado pelo museu e com curadoria geral de Rafael Coutinho, o projeto tem a parceria da editora UgraPress e apoio da EBAC (Escola Britânica de Artes Criativas). O objetivo da feira é dar espaço a quadrinhos, publicações e autores de diversas áreas e que, de alguma forma, também desenvolvem trabalhos narrativos de experimentação gráfico-visual.

Além dos cerca de 90 expositores que apresentam seu trabalho no museu, a edição deste ano terá uma programação diversa de oficinas, palestras e performances. Entre as palestras, há temas como cursos de quadrinho no exterior, efeitos especiais, animação 2D e 3D e quadrinhos e o audiovisual.

Já entre as oficinas, o público pode participar, no sábado, do encontro Publicação Independente em Rede Social e, no domingo, da Oficina de quadrinhos autobiográficos e do encontro com o artista com Cassiano Reis, que compartilha seu processo de trabalho em formato audiovisual a partir da pesquisa e desenvolvimento do projeto Identidades, um mergulho genealógico e psicológico no período do regime militar no Brasil dos anos 1960 e 1970.

Celebrando ainda a volumosa produção de quadrinhos do País, o MIS apresenta o resultado da convocatória que selecionou cinco projetos de quadrinhos e outras narrativas gráficas. Os autores escolhidos tiveram sua obra editada com 50 cópias que serão comercializadas durante a feira.

Uma das novidades desta edição são as sessões de análise de portfólio que acontecem nos dois dias e serão realizadas por professores da EBAC. Para participar, não há seleção prévia, basta trazer o portfólio. As análises serão conforme a chegada dos interessados.


Programação:


19.10 | sábado


• 12h às 20h

Feira de expositores | 1º e 2º andar

Portfólios em tela | 1º andar | Redondo

14 Juillet no Nordeste | 2º andar | O projeto interativo do artista pernambucano Roger Vieira, com colaboração do francês Clémence Bourdaud tem como tema um marco histórico da França: a Queda da Bastilha, evento central da Revolução Francesa, ocorrido em 14 de julho de 1789. Ao deslizar o dedo pela tela de tablets localizados no segundo andar, os visitantes terão a sensação de estar assistindo a uma animação, que é acompanhada por uma trilha sonora que traz elementos da musicalidade francesa.


• 14h às 16h | Análise de portfólios com professores da EBAC | Térreo

As análises serão conforme a chegada dos interessados. Abaixo mais informações sobre os professores que realizarão as análises.

Cezar Sperinde, coordenador na EBAC de Arte e Design, professor e artista visual, mestre em Media Fine Art na Slade School of Fine Arts, UCL em Londres.

Roger Basseto, coordenador na EBAC de Arte e Design, artista plástico e designer pela School of Visual Arts, Nova Iorque e Central Saint Martins, Londres.

Radina Nedelcheva, coordenadora na EBAC de Computação Gráfica, especialista em Animação e VFX pela Bradford University.


20.10 | domingo


12h - 19h


Feira de expositores | 1º e 2º andar


Portfolios em tela | 1º andar


14 Juillet no Nordeste | 2º andar


15h às 17h | Análise de portfólios com professores da EBAC | Térreo


Horário

12h às 20h (sábado) e 12h às 19h (domingo)


A participação nas oficinas é gratuita, sendo necessário retirar ingresso 1 hora antes na recepção do MIS. O Museu da Imagem e do Som fica na Avenida Europa 158, no Jardim Europa.