"Minha Filha", de Laura Bispuri, em streaming gratuito nesta sexta-feira

O Instituto Italiano de Cultura do Rio de Janeiro apresenta gratuitamente, em streaming, nesta sexta-feira, dia 24, a partir das 19h, o longa italiano 'Minha Filha', dirigido por Laura Bispuri, um drama sobre a garota Vittoria (Sara Casu), uma menina de dez anos, filha de uma mãe irresponsável, hedonista (Alba Rohrwacher) que é adotada ainda bebê por outra mulher, mais sisuda e maternal (Valeria Golino).

O filme discute o papel de mãe com sensibilidade feminina. A mãe que cria tenta ao máximo providenciar boas condições de vida à menina, tanto materialmente quanto em termos de afeto. A relação entre duas mulheres adultas com sentimentos como ciúme, ódio e uma forte cumplicidade. Uma menina sob a disputa de duas mães: a de criação e a biológica, que deseja tê-la de volta. No centro do conflito, Vittoria se vê obrigada a lidar com questões existenciais muito acima do seu nível de maturidade e a fazer uma escolha que a afetará para sempre. O DNA correndo nas veias, a faz afastar-se da mãe de criação e se aproximar da biológica.

“Com este filme, eu queria levantar algumas perguntas sobre maternidade. Eu me perguntei: é possível crescer com mais de uma figura materna? O vínculo físico com a pessoa que carrega você na barriga, te dá nascimento e que se aparenta a você é mais importante do que o vínculo cultural com a pessoa que cria você? Eu queria para abordar uma das questões mais importantes do nosso tempo: o sistema parental clássico. Durante séculos mulheres foram enquadrados pelo ideal do perfeito mãe. Eu acho que questionar esse conceito e dar valor à imperfeição é oportuno e importante”, revelou Laura Bispuri.


'Minha Filha'

Classificação: 14 anos

Elenco: Valeria Golino, Alba Rohrwacher, Sara Casu

Produção: Alemanha/Itália/Suíça, 2018. Duração: 100 minutos

Direção Laura Bispuri

País: Itália

Ano: 2018

Cor

Data: 24 de julho de 2020

Horário: a partir das 19h para 48 horas

Local: Vimeo (Online)

Ingresso: Entrada Franca