Mauricio Parra expõe suas recentes releituras de paisagens naturais

"Se Você Não Vem Comigo Nada Disso Tem Valor", individual de Mauricio Parra, com curadoria de Renato de Cara, tem vernissage nesta quinta-feira, dia 21, às 19h, quando as paisagens do artistas ocupam o espaço do programa Zip'Up. A exposição reúne uma parcela da produção recente do artista, que revela sua obstinação por observar, ler e reler a paisagem natural. São 45 pinturas em madeira, em pequeno formato, que compõem um painel em que predomina as relações entre experiência, lugar, contemplação e memória afetiva.

A pintura de observação direta acompanha o artista desde o início de sua produção. A partir de 2017, o objeto desta observação passou a ser majoritariamente a paisagem. Muitas vezes, Mauricio Parra revisita as mesmas paisagens para, a partir das mesmas perspectivas, produzir registros diferentes. Em outros casos, produz a partir de pinturas já realizadas, como se buscasse neste ato de repetição o lugar na memória na produção pictórica. A este processo ele dá o nome de "observação indireta da paisagem".


Emprestado de um verso da canção "Além do Horizonte", de Roberto Carlos e Erasmo Carlos, o título da exposição amarra a dimensão afetiva na produção do artista. "Estas pinturas remetem ao campos do cuidado e do afeto. Veja nelas relações de amizade, amor, carinho. Da preparação dos materiais e suportes à finalização da pintura, tudo é ao mesmo tempo criterioso e emotivo", diz Parra.


"Se Você Não Vem Comigo Nada Disso Tem Valor" poderá ser visitada até 10 de janeiro. A Zipper Galeria fica na rua Estados Unidos 1.494, no Jardim América, em São Paulo.