Longa-metragem "O Trem da Utopia" entra em fase de edição

Beth Sá Freire está de malas prontas. A diretora carioca embarca para Roma, onde se reúne com o diretor italiano Fabricio Mambro para iniciarem o processo de edição de "O Trem da Utopia", primeiro longa-metragem da dupla.

O filme é uma viagem musical a um lugar que não existe, uma São Paulo que se mostra por vezes irreconhecível e onírica, vivendo o sonho de uma convivência feliz e de uma grande, aconchegante - mas única - identidade cultural. Um flaneur pela cidade nos conta histórias de sua perambulação durante um dia.


Há um lugar onde a unidade nacional italiana já realmente aconteceu: a cidade de São Paulo. Pode a nação sonhada por Garibaldi existir toda em uma só cidade, além de tudo, estrangeira? Em uma população de 20 milhões de habitantes, 12 milhões têm ascendência italiana.


Foto: Bruno Alfano