"Legalidade" recebe quatro prêmios no 42º Festival Guarnicê de Cinema

"Legalidade", dirigido por Zeca Brito, recebeu quatro prêmios do júri, liderado pelo cineasta Aly Muritiba, no 42º Festival Guarnicê de Cinema: Melhor Direção Zeca Brito, Melhor Direção de Arte Adriana Borba, Melhor Fotografia Bruno Polidoro e Melhor Ator Leonardo Machado, por seu papel como Leonel Brizola. O ator foi homenageado por toda a equipe, que subiu ao palco para receber o prêmio, já que o ator faleceu no final de 2018 vítima de um câncer.

"O Guarnicê é um dos mais antigos e prestigiados Festivais de Cinema do País, por que já passaram grandes realizadores de nossa história. Organizado por uma universidade pública, para muito além de um evento, é uma força de transformação cultural e social. Para nosso filme, esse reconhecimento nos torna mais brasileiros, nos deixa mais próximos de um projeto de país onde se valorize a história e a memória, sem medo de versar sobre nossas feridas e cicatrizes. A seleção e premiação de nosso filme é um ato de coragem de um festival de resistência" , agradece o diretor Zeca Brito.

Com Leonardo Machado, Cleo Pires, Fernando Alves Pinto, Letícia Sabatella e José Henrique Ligabue, o filme aborda o momento histórico brasileiro, em 1961, quando o presidente da República, Jânio Quadros, renuncia, e seu vice, João Goulart, deve ascender ao posto. Para evitar que um golpe organizado pelos militares entrasse em curso, o governador doEstado do Rio Grande do Sul, Leonel Brizola, inicia um movimento inédito no País, pelo respeito à Constituição Federal.

Presente na sessão durante o festival, o secretário de Estado de Políticas Públicas, Marcos Pacheco, que representou o governador Flávio Dino na sessão, escreveu: "O filme Legalidade tem uma atualidade radical, expõe nosso passado recente, reflete sobre nosso futuro, mas, sobretudo, escancara o nosso presente. Um clássico, uma ode à resistência".


O filme mostra um triângulo amoroso, a luta por uma causa cívica, uma revolução feita pelas ondas do rádio. A inteligência e a coragem de um líder. O poder da comunicação gerando uma verdadeira demonstração de força e civilidade. Um movimento de resistência e mobilização popular sem precedentes na história do País: a "Legalidade".


Sexto longa de Zeca Brito, o filme foi inteiramente rodado no Estado do Rio Grande do Sul, é uma produção da Prana Filmes, de Luciana Tomasi, e tem distribuição Boulevard Filmes.


Fotos: divulgação