História do ataque ao Charlie Hebdo entretém o músico Edgar Duvivier

Com shows adiados e uma agenda cultural menos trepidante - arrefecida pelo risco de contágio do Covid-19 -, o músico Edgar Duvivier aproveita para ler o livro "O Corpo: Um Guia para Usuários", de Bill Bryson, minucioso e divertido estudo sobre nosso precioso bem e o milagre da vida. Bryson também é autor do best seller "Brevíssima História de quase tudo".


A vida toda habitamos um único corpo, mas quantos de nós entendemos o que se passa lá dentro? Bryson volta sua atenção para o corpo humano, como funciona e como consegue a extraordinária proeza de crescer, reproduzir-se e curar-se a si próprio.

O músico lê também "O Retalho", de Philippe Lançon, jornalista sobrevivente do ataque à redação da revista Charlie Hebdo, que conta sua vida atravessada por essa experiência trágica.


Na manhã de 7 de janeiro de 2015, o jornalista Philippe Lançon participava da reunião do Charlie Hebdo, quando a sede do jornal satírico francês foi alvo de um atentado terrorista que comoveria o mundo. Os protestos pelo assassinato de cartunistas e jornalistas reuniriam milhares nas ruas das grandes capitais e se transformariam em vigília pela liberdade de expressão.


Essa é a história conhecida. Até o lançamento de "O Retalho", no entanto, pouco se sabia como os minutos de duração do ataque reordenaram de vez a trajetória de seus sobreviventes. O livro de Lançon confere uma nova perspectiva ao episódio. Não à toa comoveu público e crítica, e recebeu o Femina, prestigioso prêmio francês. "Assustador e bem escrito", sintetiza Duvivier.


Quando divide seu tempo de leitura com séries e filmes, Duvivier assiste "Olive kitteridge". "É uma série muito boa, com grandes atores. Filmada em 2014, com um atmosfera meio 'Fargo'. Muito americana, mas divertida e engraçada", conta o músico, que sugere ainda o filme "Sorry we missed You", de Ken Loach. "Não deixe de ver", recomenta o artista.

Ficha técnica de "O Corpo: Um Guia para Usuários", de Bill Bryson

Título original: The Body: a Guide For Occupants

Tradução: Cássio de Arantes Leite

Páginas: 448

Lançamento: 24/01/2020

Selo: Companhia das Letras


Ficha técnica de "O Retalho"

Gênero: não-ficção estrangeira

Tradução: Julia da Rosa Simões

Capa: Daniel Trench

Páginas: 464

Ano de lançamento: 2020

Editora: Todavia