Guto Nóbrega integra a coletiva "Como falar com as árvores", no Rio

O artista, professor e pesquisador Guto Nóbrega participa da exposição coletiva "Como falar com as árvores", com vernissage na próxima quinta-feira, dia 09, às 19h, na Z42 Arte Contemporânea, que organiza o evento ao lado do Labverde - Arts Immersion Program in the Amazon.

"Vegetal Reality Shelter" (2016), de Guto Nóbrega.

A mostra reúne um coletivo de artistas que participou da residência artística Labverde, realizada na Amazônia, projeto que completa cinco anos. Compreender a natureza como sujeito, reconhecendo que natureza tem história, memória e direitos, é o ponto de partida da exposição, que apresenta uma efervescência de processos e técnicas poéticas e ressignificam a Amazônia em um conjunto plural de linguagens.

O Labverde já recebeu mais de cem artistas de 30 países, e chega ao Rio de Janeiro pela primeira vez, depois de passar por Londres, Oslo, Nova York e São Paulo, com inciativas coletivas propostas pelos próprios artistas residentes.

Cena de "Happiness" (2008), de Guto Nóbrega.

No Rio, serão apresentadas as obras de 20 artistas do Brasil, Estados Unidos, Itália, Chile e Moçambique, que já participaram do projeto: Bia Monteiro, Bianca Lee Vasquez, Claudia Tavares, Fabian Albertini, Guto Nóbrega, Laura Gorski, Lisa Schonberg, Liana Nigri, Lorenzo Moya, Luisa Puterman, Luzia Simons, Nathalia Favaro, Patricia Gouvêa, Renata Cruz, Pedro Vaz, Renata Padovan, Rodrigo Braga, Sergio Helle, Simone Fontana Reis e Turenko Beça.


Guto Nóbrega é Doutor (2009) em Interactive Arts pelo programa de pós graduação Planetary Collegium (antigo CAiiA-STAR), University of Plymouth UK, onde desenvolveu pesquisa sob orientação do Prof. Roy Ascott. Sua pesquisa, de caráter transdisciplinar nos domínios da arte, ciência, tecnologia e natureza, investiga como a confluência desses campos tem informado a criação de novas experiências estéticas. Este estudo traz como resultado uma intervenção prático-teórica no campo da arte com foco nas ideias de interatividade, telemática, teorias de campo e hiperorganimos.


Guto Nóbrega também é mestre em Comunicação, Tecnologia e Estética pela ECO-UFRJ (2003) e bacharel em gravura pela EBA-UFRJ (1998), onde leciona desde 1995. Fundou e atua como um dos coordenadores do NANO - Núcleo de Arte e Novos Organismos, espaço de pesquisa para investigação e criação artística.


"Como falar com as árvores" poderá ser visitada até 28 de junho. A Z42 Arte Contemporânea fica na Rua Filinto de Almeida 42, no Cosme Velho.


Foto: divulgação