Evandro Carlos Jardim: Sobre a trama do tempo 1960 a 2019

A abertura da mostra "Evandro Carlos Jardim: Sobre a trama do tempo 1960 a 2019" acontece no próximo sábado, dia 19, às, 14h, em A Casa dos Passarinhos, inaugurando o novo espaço expositivo. A curadoria é de Claudio Mubarac e a produção, de Jacqueline Aronis, com o apoio da Galeria Gravura Brasileira.

A exposição apresenta uma seleção da obra desse mestre da arte contemporânea brasileira, um trajeto entre o fato e o símbolo nas representações com gravura, desenho, objeto e pintura.

"...Pode-se também pensar o trabalho de Evandro Carlos Jardim como uma grande coleção de livros, que se organiza pelo provisório das edições sempre revistas.


O ateliê é uma pequena editora, que tem nos procedimentos do talho doce sua prensa principal. A gravura em metal é aparatosa e aprendeu a registrar um enorme número de sinais materiais e qualidades gráficas nas suas práticas, das quais o artista se utiliza amplamente, mas, numa espécie de paradoxo, com grande economia de meios.

E, nessa oficina particular, a gravura também aprendeu a ser pintura, para trabalhar com intensidade as muitas luminosidades dos negros.


Aprendeu a ser escultura e assim constrói modelos e invade o mundo dos objetos. Aprendeu a ser fotografia e coloca o registro rápido ao lado e a serviço da meditação.

Aprendeu a ser cinema, obtendo dos estratagemas da montagem novos significados para as mesmas figuras, em diferentes cadeias fílmicas. Mas, principalmente, aprendeu a aliar às forças da repetição todo o arsenal material e imaginativo do desenhista."


Claudio Mubarac


(Texto extraído do catálogo da exposição: O desenho estampado, a obra gráfica de Evandro Carlos Jardim - Pinacoteca do Estado de São Paulo, 2005)

A exposição poderá ser visitada até 07 de março de 2020. A Casa dos Passarinhos fica na rua Avaré 281, em Higienópolis, São Paulo.