Eduardo Kac terá obras expostas em galeria do MoMA, em Nova York

O artista brasileiro Eduardo Kac terá quatro obras expostas na inauguração das novas galerias do MoMA. Os trabalhos são da década de 1980 e fazem parte da coleção do museu, em Nova York. A abertura acontecerá no dia 21 de outubro.

Um dos pioneiros da arte digital, Eduardo Kac, um destacado e inventivo artista visual brasileiro, terá quatro obras expostas na abertura das novas galerias de exposição do Museum of Modern Art (MoMA), em Nova York.


Dentre as obras apresentadas estará o poema digital "Reabracadabra", o primeiro trabalho online do artista, concebido em 1985 para ser exibido em um terminal Minitel (sistema pré-internet). No trabalho, uma palavra de ressonância cabalística é apresentada como um monólito galáctico, seguindo os modelos atômico e planetário, em que a vogal é o núcleo (planeta) e as consoantes são partículas em órbita (luas).

"Reabracadabra apresenta uma das poucas imagens tridimensionais criadas no Minitel", conta Eduardo Kac, que diz, ainda, que "Reabracadabra é um neologismo. Basicamente, significa Abracadabra novamente. Em português, este título incorpora a palavra 'reabra', que significa 'reabrir'".


Além de "Reabracadabra", também serão apresentados três trabalhos criados no contexto do Movimento de Arte Pornô. São eles: o livro de artista "Escracho" (1983) e os poemas visuais CRy$& (1980) e Overgoze (1981). O Movimento de Arte Pornô foi um movimento de arte experimental iniciado pelo artista no Rio de Janeiro e que durou, "como um intervencionismo programático", dois anos, de fevereiro de 1980 a fevereiro de 1982. "Foi o último movimento de vanguarda organizado na arte e na poesia brasileiras", afirma Eduardo Kac.

"O Movimento de Arte Pornô começou como um movimento poético e rapidamente expandiu-se para outras áreas, subvertendo as normas estéticas em diferentes meios, desestabilizando as convenções que regem a experiência cotidiana e dando forma a novos modos de ser e estar no mundo", diz o artista, ressaltando que "o Movimento de Arte Pornô subverteu a lógica da pornografia convencional para ao mesmo desenvolver uma nova linguagem artística e inventar configurações alternativas de ação política" — antecipando, assim, as formas contemporâneas conhecidas como queer aesthetics e post-porn.


O Movimento de Arte Pornô explorou, particularmente, a relação entre corpo e linguagem.


O Museum of Modern Art (MoMA) fica na 11 West 53 Street, em Manhattan, Nova York.