Edição 2020 do "Abre Alas" da Gentil Carioca abre neste sábado

Neste sábado, dia 15, às 19h, a galeria A Gentil Carioca apresenta os artistas selecionados para o "Abre Alas 16", que nesta edição tem Keyna Eleison, Pablo León de la Barra e Yhuri Cruz na comissão de seleção e curadoria da exposição.


A 16ª edição do "Abre Alas" apresenta obras de Andre Niemeyer, Andréa Hygino, Darks Miranda, Fátima Aguiar, Gilson Andrade, Juliana dos Santos, Leka Mendes, m. morani, max wíllà morais, Mulambo, Nathalia Favaro, Reitchel Komch, Val Souza e Yan Copelli.

Val Souza

A Gentil Carioca preparou uma programação baphônica para celebrar a primeira exposição de 2020:


• A 35ª "Parede Gentil" traz "A Porta na Parede", de Ana Linnemann, que coloca o público diante de uma parede intransitável, de grandes proporções, onde se insinua uma ambígua porta, disfuncional e perturbável. A artista reapresenta o trabalho considerando a situação política atual que a remete à uma parede impenetrável. "O trabalho reapareceu ressignificado e talvez tenha ganhado, pelo momento que vivemos, a vocação de uma trabalho público. Ele pode ser percebido ou não, e esse fato é uma característica e um comentário".


• A 86ª "Camisa Educação", de Marcos Abreu, estampa uma bandeira geométrica preta com a imagem do livro Pedagogia do Oprimido, de Paulo Freire. Desde 2019, Marcos começou a realizar trabalhos com as camisas do Colégio Pedro II e do Cap Uerj. Desta forma, para o artista, a camisa é uma bandeira de militância política, ainda mais quando o tema é educação.

Darks Miranda

Juliana dos Santos

Ao longo da noite e madrugada a dentro, na rua, na encruzilhada, no lugar de celebração e luta, vai ter música, instalação e performance com:


• Aula de lambada com Darks Miranda

O Aula de lambada estranha (2020) consiste em uma aula de lambada & intervenção artística & política ao ar livre no formato fantasia.


• DJ Galo Preto

Dj, produtor e idealizador do projeto Rebola - festa performática carioca que propõe uma dialogia entre arte contemporânea e cultura afro-brasileira-iorubá. Seus sets são como um Afoxé Eletrônico narrando os mitos da cultura nagô do Brasil.


• Orquestra Voadora

O bloco vai balançar a "Encruzilhada Gentil" com uma deliciosa mistura de samba, maracatu, coco, afrobeats e jazz. Essa parceria também celebra o lançamento do videoclipe da música Technocirco, produzido e filmado nos espaços da galeria.

Mulambo

Além dessas atrações, haverá ainda o Concurso de Fantasias Gentil, com direito a desfile. O público deve caprichar nas fantasias e não deixar de garantir o contatinho, pois o vencedor do concurso ganhará uma cortesia para uma noite e meia de amores no motel Meu Cantinho.


A exposição poderá ser visitada até 20 de março. A Gentil Carioca fica na Rua Gonçalves Lêdo 11/17, no Centro do Rio de Janeiro.