"Dois pesos, duas medidas", de Lais Myrrha, pode ser revisitada online

Por meio da página Google Arts & Culture, podemos visitar as últimas edições da Bienal de São Paulo. O público pode relembrar a obra "Dois pesos, duas medidas" (2016), de Lais Myrrha, na 32ª Bienal. A artista construiu duas torres com as mesmas dimensões, uma feita de materiais empregados nas construções indígenas e, a outra, daqueles usados nas edificações típicas brasileiras.

Vista da 32ª Bienal de São Paulo – Incerteza Viva. © Leo Eloy/ Estúdio Garagem/ Fundação Bienal de São Paulo

Para Myrrha, a arte é uma possibilidade de se lançar em zonas de instabilidade, em situações em que o familiar se torna estranho e a lógica convencional parece falhar.