Destaque em Veneza, "Swinguerra" chega ao Pavilhão da Bienal em SP

A obra documento-musical dos artistas Bárbara Wagner e Benjamin de Burca, comissionada pela Fundação Bienal para representar o Brasil na 58ª Bienal de Veneza, terá sessões gratuitas no próximo sábado, dia 24, no Pavilhão da Bienal, no Parque do Ibirapuera.

Sucesso de público e de crítica, o filme Swinguerra acompanha três grupos de dança da periferia recifense e apresenta um retrato complexo e empático do Brasil. Com curadoria de Gabriel Pérez-Barreiro, tem seu título inspirado pela swingueira, movimento popular de dança do nordeste brasileiro, em fusão com a palavra guerra.


Motivada pelo compromisso com a democratização do acesso à arte e pela enorme repercussão do projeto na Itália, este evento é uma maneira de compartilhar com o público do Brasil e de São Paulo os projetos internacionais da Fundação Bienal.


O filme, de 23 minutos, será apresentado em loop das 9h às 19h. A entrada é gratuita.