Deborah Netto é premiada na Bela Bienal, no Centro Cultural Correios

A artista plástica Deborah Netto esteve entre os premiados da 4ª edição da Bela Bienal, nesta quarta-feira, dia 08, no Centro Cultural Correios, no Rio. A mostra, organizada pela Ava Galleria, reúne cerca de 200 obras de artistas europeus e latino-americanos, e pode ser visitada até o próximo domingo, dia 12.

A artista plástica premiada Deborah Netto.

Formada em Belas Artes/Pintura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Deborah desenvolve pesquisas e trabalhos com diversas linguagens e suportes, em tinta acrílica sobre tela e aquarela, têmpera guache e nanquim, entre outros materiais sobre papel.

Deborah Netto entre as artistas Cuscua e Isabella Cesar.

"Acredito que a arte não é apenas o objeto finalizado pelo trabalho do artista. A arte é sim uma qualidade do fazer artístico. Esse fazer demanda estudo, preparo, dedicação. Requer o desenvolvimento de uma linguagem pessoal, autêntica, inimitável, que aliada à inspiração, tende a um resultado mais satisfatório para o pintor. A pintura sempre dialoga com seu autor, mas ao mesmo tempo tem vida própria, esbanja possibilidades. O pintor se utiliza de inúmeras propriedades pictóricas, no uso da linha, tom, cor, suportes, técnicas, que muitas vezes o ensina o caminho a seguir, encantando e surpreendendo seu próprio autor", acredita Deborah.


A artista desenvolve suas obras explorando seus próprios processos de construção. A cada quadro que nasce ela sente sua personalidade sendo espelhada e considera trabalhar com as tintas e com metais uma alquimia, um casamento em que o amor certamente só tende a aumentar. Projetando na pintura sua paixão pela arte e pela vida, considera que esse é o verdadeiro caminho para a satisfação pessoal. "Fazer arte com paixão, fazer a arte com arte, essa é a melhor estrada que o artista deve seguir, isso sim é o verdadeiro sucesso!"


A artista representou o Brasil na Art Expo Malaysia 2016, em Kuala Lumpur, por meio do Itamaraty. Ela possui trabalhos em coleções particulares em países como Chile, Estados Unidos, Suíça, Alemanha e China; e é representada no Brasil pela galeria virtual Um Olhar.


A Bela Bienal - Bienal Europeia e Latino Americana de Arte Contemporânea, é organizada pelos curadores Edson e Helena Cardoso, da Ava Galleria, de Helsinque (Finlândia), e tem como tema nesta edição a sustentabilidade e promove o diálogo entre diferentes culturas. A proposta é alinhada à filosofia da Ava Galleria, que se propõe ao intercâmbio e à divulgação da diversidade cultural pelas inúmeras linguagens da arte contemporânea. A proposta é levar ao público uma grande pluralidade de propostas artísticas.


Paralelamente ao evento, os galeristas Edson Cardoso e Helena Cardoso realizam o projeto pessoal "Arte Vida Arte", que leva atividades de arteterapia a comunidades carentes, com o apoio de assistentes sociais, educadores e artistas plásticos engajados na proposta de democratizar a arte e a cultura. A mais recente edição do projeto aconteceu na Casa França-Brasil, também no Centro do Rio, e recebeu crianças da comunidade da Cidade de Deus.


Sempre se alternando entre países da Europa e da América Latina, a Bela Bienal teve início em Portugal, na Cidade do Porto, em 2012. Sua segunda edição aconteceu no Museu Histórico Nacional, no Rio de Janeiro, e a terceira, na cidade de Helsinque, na Finlândia.


O Centro Cultural Correios fica na Rua Visconde de Itaboraí 20, no Centro.


Fotos: divulgação