Bela Bienal ocupa o Centro Cultural Correios, no Rio, até 12 de maio

Edson e Helena Cardoso, da Ava Galleria, de Helsinque (Finlândia), assinam a curadoria da 4ª edição da Bela Bienal - Bienal Europeia e Latino Americana de Arte Contemporânea, que tem como tema desta vez a sustentabilidade. A mostra pode ser visitada até 12 de maio no Centro Cultural Correios, no Rio.

A artista plástica Deborah Netto com a obra "Amanhecer", que integra a bienal.

A exposição coletiva apresenta um acervo de cerca de 200 obras, reunindo artistas europeus e latino-americanos e promovendo o diálogo entre diferentes culturas. A proposta é alinhada à filosofia da Ava Galleria, que se propõe ao intercâmbio e à divulgação da diversidade cultural pelas inúmeras linguagens da arte contemporânea. A proposta é levar ao público uma grande pluralidade de propostas artísticas.

Ednor Medeiros, diretor do Centro Cultural Correios, Jesus Chediak, diretor da Casa França-Brasil, e os curadores Edson e Helena Cardoso, da Ava Galleria.

Paralelamente ao evento, os galeristas Edson Cardoso e Helena Cardoso realizam o projeto pessoal "Arte Vida Arte", que leva atividades de arteterapia a comunidades carentes, com o apoio de assistentes sociais, educadores e artistas plásticos engajados na proposta de democratizar a arte e a cultura.

O artista Marcelo Duprat e sua obra "Os Seis", que integra a mostra.

A mais recente edição do projeto aconteceu no último sábado, dia 30, na Casa França-Brasil, também no Centro do Rio, e recebeu crianças da comunidade da Cidade de Deus.


Sempre se alternando entre países da Europa e da América Latina, a Bela Bienal teve início em Portugal, na Cidade do Porto, em 2012. Sua segunda edição aconteceu no Museu Histórico Nacional, no Rio de Janeiro, e a terceira, na cidade de Helsinque, na Finlândia.


O Centro Cultural Correios fica na Rua Visconde de Itaboraí 20, no Centro.


Fotos: divulgação