Ayrson Heráclito apresenta série inédita de gravuras no Arte+Care

Dando continuidade ao ciclo #1 do Programa Arte+Care, a Portas Vilaseca Galeria apresenta, em PDF no site e também no perfil da galeria no Artsy, um conjunto de gravuras inéditas do artista Ayrson Heráclito.


Cada uma das quatro gravuras que compõem essa série de múltiplos representa uma folha (ou "folium") de um caderno manuscrito sobre a história da escravidão que o artista vem produzindo desde os anos 90. Nelas, são gravadas as marcas de ferro em brasa com as iniciais dos senhores de engenho que serviam para estampar as caixas de açúcar, transportadas nas frotas de comércio e também para marcar o corpo dos escravos, remontando à forma perversa como eram identificados nas lavouras de cana de açúcar.


O papel aqui, além de assinalar uma espécie de inventário do sistema colonial brasileiro, também aponta para uma simbologia de pele, revelando todo o realismo e dramaticidade que marcou o corpo afro-brasileiro durante o processo de escravização no país.

Esta série remonta às primeiras pesquisas de Heráclito sobre a empresa colonial brasileira, que teve, entre alguns desdobramentos, a emblemática ação "Transmutação da Carne" (2000), em que performers vestiam uma indumentária feita com carne de charque e eram marcados com os mesmos ferros em brasa presentes nessa série, aludindo à violência daquele período na Bahia colonial - a carne como uma metáfora de um corpo escravo que sofreu muitas violências, mas resistiu.


Em 2015, a artista Marina Abramovic convidou o artista a reapresentar a ação em sua exposição Terra Comunal, no Sesc Pompeia, em São Paulo.


Arte+Care é um programa desenvolvido para apoiar os artistas representados pela galeria e, ao mesmo tempo, ajudar pessoas, organizações e iniciativas relevantes nos campos da cultura, da saúde e da atenção básica. Séries de trabalhos inéditos e a preços acessíveis (entre R$ 900 e R$2 mil cada) foram produzidas exclusivamente para o programa pelos artistas e, a cada mês, uma parte das vendas será doada a uma iniciativa diferente.


Neste ciclo #1, o beneficiado é o Fundo Colaborativo de Emergência para Artistas e Criadores, do Solar dos Abacaxis.


Na próxima semana o primeiro ciclo será encerrado com uma série inédita de trabalhos do artista Pedro Victor Brandão. O ciclo #2 terá início em junho com um novo grupo de artistas e uma nova iniciativa beneficiada, e assim por diante.