"A Sombra do Pai", filme de Gabriela Amaral Almeida, estreia no 51º Festival de Brasília

"A Sombra do Pai", novo longa-metragem da diretora Gabriela Amaral Almeida (O Animal Cordial), terá estreia mundial na mostra competitiva do 51º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, que começa nesta sexta-feira, dia 14, e se estende até o próximo dia 23.


Protagonizado por Julio Machado (Joaquim) e Nina Medeiros (As Boas Maneiras), "A Sombra do Pai" conta a história de Dalva, uma menina de 9 anos às voltas com o silêncio do pai, o pedreiro Jorge (Machado), que fica mais e mais triste após perder o melhor amigo em um acidente. A irmã de Jorge, Cristina (Luciana Paes, de O Animal Cordial), administrava a vida de pai e filha desde a morte da mãe da menina, há três anos. Quando Cristina deixa a casa do irmão para se casar, Jorge e Dalva precisam enfrentar a distância que os separa.

O filme aborda as consequências da inversão de papéis entre um pai e uma filha, que enfrentam uma situação de exceção, por meio de uma narração realista, com toques de horror e fantasia, marcas registradas da diretora. Gabriela volta a apresentar um filme em Brasília, após ter sido premiada em duas ocasiões, como melhor roteirista pelos curtas A Mão que Afaga (2011) e Estátua! (2014).

"O Festival de Brasília é precisamente a ocasião em que eu quero estar com A Sombra do Pai: às vésperas de uma eleição que vai definir os rumos do País, falando e sendo ouvida do lugar sensível e potente que é o cinema. É uma honra", expressa Gabriela.


Ambientado em um bairro proletário da cidade de São Paulo, p longa conta a história de um pai e uma filha que não conseguem se comunicar. Fã de filmes de terror, Dalva acredita ter poderes sobrenaturais e ser capaz de trazer a mãe de volta à vida. À medida que Jorge se torna mais e mais ausente – e eventualmente perigoso –, a Dalva resta a esperança de que sim, sua mãe há de voltar.


O roteiro foi premiado em diversas seleções nacionais e internacionais, entre as quais o Sundance Institute (2014, EUA), quando Gabriela Amaral Almeida foi a única brasileira a participar dos laboratórios de Roteiro, Direção, Música e Desenho de Som. O projeto teve a assessoria de Quentin Tarantino ("Pulp Fiction"), Marjane Satrapi ("Persépolis"), Ed Harris, Robert Redford ("Butch Cassidy and the Sundance Kid"), dentre outros.


O filme também participou do Guadalajara Film Market (2014, México); Fundación Carolina - Curso de Desenvolvimento de projetos (2013, Espanha), entre outros.

Ainda sem data de estreia comercial, "A Sombra do Pai" é uma produção da Acere em coprodução com a RT Features.

Foto: divulgação

Fale conosco