"A Fio, À Cor" está entre as atrações da Villa Aymoré neste sábado

A Villa Aymoré, na Glória, terá três novidades a partir deste sábado, dia 08. Enquanto a galeria recebe a coletiva "A Fio, À Cor", que reúne quatro artistas plásticos, é inaugurada a Rede Jaguaribe, estabelecimento artístico idealizado por Gabriel Jaguaribe Giucci, em que os objetos são obras de arte com conceitos inovadores. O espaço ganha também uma obra feita por Henrique Oliveira, a primeira permanente dele na América Latina.

A Rede Jaguaribe traz um conceito de loja de arte com objetos acessíveis, lembrando um supermercado, em que as peças principais são "pedaços de carne" feitos de tinta acrílica, cortados na forma dos estados brasileiros.


A exposição "A Fio, À Cor" tem curadoria de Gabriela Davies e reúne obras de Márcia Thompson, Goia Mujalli, Isabelle Borges e Christian Henkel, todas pautadas nas cores, originalidade e multiplicidade de formas.


A inauguração da obra 'site-specific' do Henrique Oliveira é um investimento do Instituto PIPA para a Villa Aymoré. Essa é a primeira obra permanente do artista no Brasil, após participar na Bienal de São Paulo, exposições no MASP e MAM (RJ e SP).


Já a exposição "Entre Ruína e Construção" será inaugurada com peças do Instituto PIPA e curadoria do Luiz Camillo Osorio. Nessa exposição, participarão: Berna Reale, Gaio Matos, Íris Helena, Luciana Magno, Luiz D'Orey, Paulo Nimer Pjota, Renata Lucas, Rodrigo Braga e Tatiana Blass.


A Villa Aymoré fica na Ladeira da Glória 26, na Glória.


Foto: divulgação