"É Tudo Verdade": 24ª edição do festival começa nesta quinta-feira

O 24º Festival Internacional de Documentários "É Tudo Verdade" começa nesta quinta-feira, dia 04, nas cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo. "Mike Wallace Está Aqui" abre o festival em São Paulo e "Memórias do Grupo Opinião", no Rio. Os filmes premiados nas competições de longas e de curtas estarão qualificados para disputar o Oscar.

Nelson Pereira dos Santos e Claude Lanzmann são os homenageados dessa edição, que terá sessões gratuitas em sete salas de exibição nas duas cidades. Uma programação com os melhores documentários produzidos no Brasil e no mundo estará nas telas. O festival deste ano exibirá 66 filmes, em sessões gratuitas, entre os dias 4 e 14 de abril em São Paulo, e 8 e 14 de abril no Rio de Janeiro.

Vencedores da 23ª edição do festival, em 2018.

Criado e dirigido pelo crítico Amir Labaki, o É Tudo Verdade tem o apoio cultural do Itaú Cultural, parceria do Sesc-SP e copatrocínio da Spcine. O projeto foi contemplado no edital SAV/MINC/FSA nº 11, 2018. Além do apoio do Governo do Estado de São Paulo – Secretaria de Cultura e Economia Criativa e do Ministério da Cidadania – Secretaria Especial da Cultura.


Mais de 1,6 mil títulos foram inscritos nesta 24ª edição, para um total de

66 selecionados. No Rio de Janeiro, o festival amplia ainda o número de salas

(3) e aumenta em um terço o número de sessões programadas, apesar da agenda mais concentrada.


"É um privilégio apresentar uma safra excepcional como esta, tanto brasileira quanto internacional", diz Amir Labaki, "Foi um dos processos de seleção mais intensos nesta década."


Os filmes premiados no É Tudo Verdade 2019, nas competições de curta e longa-metragens, estarão automaticamente classificados para serem examinados para a disputa do Oscar do ano que vem. "O convite pela Academia para o festival tornar-se também um evento classificatório para o Oscar de longa-metragem, como há três anos já o somos para os curtas, representou um estímulo extra para nosso trabalho", afirma Labaki.


A programação completa pode ser acessada no site do festival.


Fotos: divulgação